Feminista e representante do tango contemporâneo, Julieta Laso, se apresenta em SP ao lado de mulheres fodas

Por Isadora Marques

Evento que celebrará o dia internacional do Tango, com o projeto "Argentina é Delas", contará com a presença das expoentes da música contemporânea argentina feminina Julieta Laso e Cata Raybaud e mais.

As Argentinas Julieta Laso, Cata Raybaud e DJ Capitan Billie se apresentam nessa manhã de domingo (8) no Sesi Paulista, para começar as comemorações do Dia Internacional do Tango. A cidade de São Paulo recebe o projeto "Argentina é Delas" com uma amostra das representantes femininas da música contemporânea das nossas hermanas.

A programação começa prontamente as 11h no teatro Sesi com a apresentação da cantora Julieta Laso, que trás como repertório um diálogo de tangos clássicos e milongas. É uma das maiores referências do tango argentino e contemporâneo, ela lançou seu segundo disco solo Martingala em 2018. Com referências feministas e abraçando a comunidade LGBT, teve ótimas críticas e foi indicado ao Gardel Awards.

Julieta nos contou um pouco sobre seu álbum e sobre suas percepções sobre a música contemporânea brasileira:

Qual é a mensagem do seu álbum, Martingala?
Compartilhar o modo particular de Buenos Aires misturando frustrações com ironia, amor e uma certa melancolia muito presente no tango.  Eu acho que essa mulher que canta em Martingala, procura gerar uma conexão, é o que eu estou procurando, então este álbum também fala sobre medo e outras fragilidades humanas, essa fragilidade que pode ser muito poderosa e que talvez seja compartilhada com todos dói-nos menos.

O que vc diria para convencer alguém a escutar o disco?

Martingala é um álbum em que cada música fala sobre os próprios medos e os dos outros, sobre busca pessoal e identidade. Também mostra uma cidade de Buenos Aires atravessada por novas músicas, mas sempre misturada à filosofia existencialista e de tango que nós "porteños" carregamos como um carma cruel e maravilhoso.

O que vc conhece sobre música brasileira contemporânea?

Provavelmente tenho muito a saber sobre a cena musical brasileira, mas me lembro de um dos melhores recitais que vi na minha vida na última apresentação de Elza Soares na Argentina. Tenho muitos músicos brasileiros como referências e inspiração, Elza Soares é uma delas.

Cata Raybaud

Seguindo com a programação, outra expoente da música argentina contemporânea se apresenta: Cata Raybaud. A cantora mistura suas referência de tango com música pop. Já tem três discos lançados: Detrás de lo que vieran (2011), Deja que corra el agua, (2014) onde conta com a participação do reconhecido cantautor Kevin Johansen e Tribu (2017), onde mistura raízes musicais portenhas com a música eletrônica.

Ás 12h45 acontece o live set da Capitan Bille, DJ argentina radicada em São Paulo há 6 anos. Celina Lago, seu nome de batismo, mergulha na diversidade da música latino americana. Seu repertório irá representar a música de Buenos Aires.

Não percam esse super evento indiespensável!!!

 Serviço Dia Internacional do Tango + Argentina É Delas
08 de dezembro (domingo)
SESI Paulista – Teatro
Avenida Paulista 1.313
A partir das 11h.
Evento gratuito e aberto ao público


PROGRAMAÇÃO:
11h às 11h30 - Julieta Laso (teatro)
11h30 às 12h - Cata Raybaud (café)
12h às 12h45 - Quarteto Tango 4 + Juan Moreno (teatro)
12h45 às 13h15 - DJ Capitan Billie (café)